FEEDBACK: COMO DAR OU RECEBER

Check-list no veículo antes de pegar a estrada
11 de janeiro de 2020
VANTAGENS E DESVANTAGENS NA COMPRA DE UM SEMINOVO
25 de janeiro de 2020

FEEDBACK Concept with icons and signs

Um dos momentos mais tensos do mundo corporativo, sem dúvida, é o temido feedback: tanto para quem aplica e para quem recebe. Pensando nisso, enumeramos alguns métodos que facilitará o processo para ambos. Com algumas dicas, você como gestor pode tornar esse momento mais natural e ter excelentes resultados e você liderado terá mais oportunidades de crescimento dentro da empresa. Vamos lá!

Aplicação de feedback;

1 – Analise e escolha o melhor momento do dia para aplicar feedback em seus liderados. Não aplique em todos no mesmo dia, dê um prazo de no mínimo de 1 dia, para que os ânimos estejam baixos e ter uma conversa mais tranquila.

2 – Inclua fatos à sua fala. Dê motivos e explique-os. Explique o motivo da conversa e fale de eventos específicos – para não correr o risco de generalizar e deixar brechas para o erro ocorrer novamente.

3 – Evite nomes e omita os sujeitos. Em situação coletiva evite ao máximo a exposição dos liderados para que não haja constrangimentos futuros.

4 – Qual foi o impacto? O comportamento em questão gerou algum prejuízo para a empresa ou para a equipe? Quais foram as consequências? Só as situações que tenham impacto pedem feedback.

5 – Qual a consequência? Esse é o momento de mostrar que, se o comportamento persistir, haverá perdas para a pessoa e o ambiente no qual ela atua.

6 – Faça o seu liderado pensar nas consequências de suas atitudes, além de fazer refletir sobre seu comportamento, traga-o para a conversa e pergunte o que pode ser feito para mudar a situação. Esse é o momento de ouvir o outro lado da história, e é importante estar aberto e prestar atenção, procurando entender a posição da pessoa. Normalmente, quando o feedback está sendo passado por algum líder, chega-se a um acordo sobre mudança do comportamento ou atitude em questão. É imprescindível que os dois combinem uma data para conversarem novamente, avaliando o cumprimento desse compromisso de mudança entre eles.

E quando você recebe um feedback? Como proceder?

Antes de tudo, recomenda-se apenas que você respire fundo e ouça aquilo que o seu líder tem a dizer. Valorize esse momento, pois é partir dele que você vai identificar o que deve melhorar e onde aprimorar seus conhecimentos. Não procure desculpas, e sim agradeça, por seu líder dedicar esse momento ao seu crescimento. É importante não se defender com frases como: “não é bem isso”, “você entendeu errado”, “não é isso que eu quis dizer”, “eu sou assim mesmo”, entre outras. Nunca leve o feedback para o lado pessoal; essa é uma etapa essencial do processo. Após ter recebido o feedback você deve fazer uma análise e se preferir procure outras pessoas – que tenham uma certa imparcialidade com a situação para dar sua opinião.

Gostou das nossas dicas sobre o processo de feedback? Se já segue alguns desses passos aprimore-os. Se não, comece!

Acompanhe nosso blog semanalmente e siga as nossas redes sociais: Instagram @ramasa.rh e Facebook Ramasa RH para ficar por dentro de mais postagens como essa.